Home  


Tel: (11) 5044.7585

lcrh@laertecordeiro.com.br

Fale Conosco

Laerte Cordeiro Consultoria em Recursos Humanos
Laerte Cordeiro Consultoria em Recursos Humanos
envie este artigo por e-mail
Set, 2014

Laerte Leite Cordeiro (*)

Carta Mensal aos Executivos – Setembro/2014

Este ano de 2014 parece ser um dos anos difíceis da vida brasileira. Tivemos o desastre da Copa e do Eduardo Campos, as inundações para alguns e a água escassa para outros, sem falar dos acidentes aéreos internacionais. Agora vêm por aí as eleições, num cenário econômico e político difícil que devemos enfrentar com muito patriotismo.

A vida das empresas vai ficando cada vez mais áspera e se luta para sobreviver, mesmo não se ganhando nada e às vezes até perdendo um pouco do que se ganhou no passado. A inflação ameaça, os juros sobem, as vendas caem e a exportação não deslancha, os custos crescentes não são compensados pelos negócios em queda.

O emprego para executivos e profissionais de nível vai rareando e acontece mais para mera reposição de perdas do que para crescimento de quadros. Ouve-se de demissões em grande número e de extinção de vagas. Quando a reposição é imprescindível tenta-se reduzir salários e benefícios. Enfim, a conjuntura será madrasta para executivos e profissionais que percam seus empregos neste final de um ano muito difícil.

Sente-se no ar como se fora um esforço para se chegar vivo até o fim do ano e entrar num 2015 que todos esperam seja melhor do que este ano sem graça.

O mercado de trabalho se apresenta pobre de oportunidades e bem fazem aqueles que seguram os empregos que têm. Setembro já mostra que os grandes jornais de São Paulo não publicam mais anúncios recrutando executivos, os bancos de vagas caçam oportunidades sem muito sucesso, o network de cada um já não ajuda muito e os amigos e conhecidos tem boa vontade mas não hámuito como ajudar. Os headhunters têm seus cadastros de currículos abarrotados, mas não aparecem pedidos suficientes e, como já dizíamos no mês passado, os processos de outplacement não oferecem mais o sucesso do passado.


Em se considerando o emprego para as diversas Áreas de Atuação sente-se que num mercado pobre de ofertas como o atual, ainda são os executivos de Vendas/Marketing os mais procurados, com o objetivo de diminuir os estoques e fazer dinheiro. Do outro lado, percebe-se um esforço de busca de profissionais de Controladoria, Finanças e Administração que reduzem despesas, controlam custos, conseguem recursos adicionais e comandam o orçamento. Embora a produtividade seja um dos caminhos da salvação, as atividades de Produção e conexas não parecem merecer maior atenção dos recrutadores neste momento. Nos serviços, a preocupação com Recursos Humanos é própria de nossa época e o problema trabalhista vai se incrementar, sugerindo maior atenção para a qualidade profissional. Na Tecnologia da Informação percebe-se uma redução na intensidade da procura, talvez porque as pessoas em geral estão mais preparadas como usuárias e as posições executivas vagas se reduziram pela relativa estagnação do número de grandes empresas especializadas. O Jurídico empresarial se mantém mas também não cresce significativamente.

Não há, que se saiba, a manutenção do nível de emprego que se anotava em 2013 na comunidade de empregos brasileira de 2014. Ouve-se, ao contrario, que a situação está ruim e que talvez ainda fique pior. A Indústria parece andar de lado, ouvem-se os lamentos dos consultores de todo tipo, fala-se de uma eventual piora dos negócios imobiliários e por aí afora.

As cores deste superficial cenário que pintamos são ainda cinzentas e parece que não vão melhorar tão cedo. O emprego ainda faltará para muitos executivos sofridos no desemprego e a vida tende a ficar mais difícil. Mas também é preciso lembrar que as eleições vão mexer com o País, o fim do ano movimenta as empresas e que dizem que Deus é brasileiro. Que possamos chegar ao fim do ano com uma situação melhor e que 2015 traga de volta tudo o que é bom. Oxalá!

Um abraço amigo do

LAERTE LEITE CORDEIRO

(*) Consultor e Coach de Carreiras Executivas. Economista e Administrador. Mestre em Marketing e Recursos Humanos. Cursos em Harvard e Stanford. Professor da EAESP da FGV (ret.) em São Paulo. Diretor de Recursos Humanos de grupos empresariais. Conselheiro eleito da ABRH-sp.
Voltar para cima

Laerte Cordeiro Consultoria em Recursos Humanos
Jan - Mercado de Trabalho para Executivos em 2015
Dez - RECOLOCAÇÃO PROFISSIONAL: ERROS BÁSICOS Mai - PONTOS IMPORTANTES DA RELAÇÃO COM OS HEADHUNTERS
Nov - 150 ANOS DE ADMINISTRAÇÃO Abr - O NOVO MERCADO DE TRABALHO
Out - O EXECUTIVO SÊNIOR E O FUTURO Mar - O DIFÍCIL EMPREGO NAS GRANDES EMPRESAS MULTINACIONAIS
Set - CARTA MENSAL AOS EXECUTIVOS Fev - INCOMPETÊNCIAS EXECUTIVAS
Dez - 2014: DÚVIDAS E ESPERANÇAS Mai - ALERTA VERMELHO PARA OS ACOMODADOS
Nov - O CALENDÁRIO DO EMPREGO PARA EXECUTIVOS Abr - COMO BUSCAR UM EMPREGO MELHOR?
Out - DESPERTANDO O INTERESSE DE UM HEADHUNTER Mar - RH EM BOVA VERSÃO
Set - SABER, TER E USAR ... RECADOS PARA O EMPRESÁRIO-ADMINISTRADOR Fev - VIDA E CARREIRA EM TRANSFORMAÇÃO
Ago - DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL E O SUCESSO DA EMPRESA Jan - O QUE SEGURA UM EXECUTIVO NA EMPRESA?
Jul - UM NOVO EXECUTIVO BRASILEIRO
Dez - O RETORNO DO CHEFE Mai - E SE A CRISE VOLTAR?
Nov - OUTPLACEMENT EM 2012 Abr - O QUE HÁ DE NOVO EM INOVAÇÃO?
Out - DEMITIDO? EU? Mar - OTIMISMO ACIMA DE TUDO!
Jul - A DIFÍCIL VIDA DO CANDIDATO A EMPREGO Jan - EXECUTIVO: COMO PERDER SEU EMPREGO EM 12 LIÇÕES FÁCEIS
Jun - MEUS JOVENS 40 ANOS

LAERTE CORDEIRO: 33 anos servindo a Profissionais e à Comunidade de Empresas
– Executive Search & Hunting – Outplacement Corporativo e Recolocação de Profissionais –  Coaching de Carreira – Consultoria  –