Home  


Tel: (11) 5044.7585

lcrh@laertecordeiro.com.br

Fale Conosco

Laerte Cordeiro Consultoria em Recursos Humanos
Laerte Cordeiro Consultoria em Recursos Humanos
envie este artigo por e-mail
Maio, 2014

Laerte Leite Cordeiro (*)

PONTOS IMPORTANTES DA RELAÇÃO COM OS HEADHUNTERS

Quanto mais a conjuntura econômica se complica, tanto mais as demissões e o desemprego crescem. A vida vai ficando mais difícil, a inflação sobe, os salários perdem valor, os empregos entram em risco e encontrar uma nova oportunidade de trabalho torna-se uma tarefa complicada, quando as empresas não querem contratar ninguém.

Se V. perdeu seu emprego nos últimos doze meses, pode bem estar ainda desempregado, vivendo de sua poupança e fazendo “bicos” aqui e acolá. Emprego que é bom, nada!

Esse período difícil, que quase todos nós já vivemos um dia, obriga ao desenvolvimento de nossa criatividade, na busca do nosso objetivo profissional. Esse é o momento em que devemos ter um foco de carreira definido, para não dar a impressão que somos especialistas em generalidades ou que podemos “jogar nas onze”, tão competentes que somos. Precisamos, também, de um currículo que nos anuncie para o mercado, oferecendo o que ele quer, de forma clara e objetiva. Havemos, igualmente, de estar preparados para eventuais convocações para processos de recrutamento e seleção, com eficiente participação em entrevistas de escolha.

Organizado em termos do que é básico para se conseguir um emprego, começa aí a nova fase de divulgar nossa candidatura para as empresas e para os headhunters – estes que estão no mercado buscando profissionais para fecharem vagas em seus clientes, visando oportunidades compatíveis com seu perfil.

É aí que o profissional desempregado deve buscar os seus amigos, conhecidos, colegas, chefes e demais pessoas que componham o seu “network” pessoal/profissional para lhes pedir apoio para oportunidades que porventura lhes cheguem ao conhecimento. Deve, também, estar muito atento para a rede social/profissional mais conhecida e circular por dentro dela, com toda a força, buscando alternativas de emprego. E embora pouco utilizados hoje em dia – principalmente para cargos de maior nível – não deixar de ler os classificados dos principais jornais e revistas, que vez por outra publicam anúncios interessantes.

De propósito deixamos de lado, acima, os escritórios dos Headhunters, que são os consultores contratados pelas empresas para buscar, no mercado de trabalho, os profissionais que elas querem contratar. Eles tem as vagas em seus clientes. É preciso lembrar que os Headhunters ou “Caçadores de Talentos” recrutam e selecionam principalmente, executivos e profissionais de nível e são menos utilizados pelas empresas para o recrutamento relativo a posições de menor nível hierárquico.

Portanto, se V. busca uma posição de maior destaque, principalmente em nível de Gerência e Direção, não deixe de dar uma atenção especial, em seu processo de divulgação, a esses escritórios que detém, sempre, um número significativo de oportunidades disponíveis, lembrando que há, pelo menos, 5 pontos principais na relação entre Candidatos e Headhunters, que precisam ser considerados:

1.

Seu Currículo deve ser divulgado para os Headhunters por e-mail ou diretamente no site do cadastro da Consultoria, procedimento que vai se transformando, cada vez mais, na forma preferida dos Consultores. É uma maneira trabalhosa de se divulgar quando se pensa que só em São Paulo há mais de 70 escritórios de bons serviços e qualidade. O importante é que cada Headhunter organiza seu cadastro e pede informações da maneira que lhe parece mais adequada aos seus propósitos de informação.

2.

Um Currículo de 2, no máximo 3 páginas, é tudo quanto o Consultor precisa, quando o candidato mandar por e-mail. Uma carta curta de capa é delicado, mas não precisa mais do que isso. Quando for preciso fazer o cadastro, tudo o que os Consultores quiserem estará lá para ser preenchido.

3.

Uma vez divulgado o seu Currículo para os headhunters, por Cadastro ou e-mail, não é preciso fazer um contato telefônico para saber se chegou e qual o estágio do processo. Se houver alguma posição compatível sendo trabalhada e se seu currículo for de interesse, não se preocupe que o “caçador” virá atrás da “caça”, salvo num caso – hoje pouco frequente – de um extravio do seu currículo no caminho.

4.

Lembre-se que um escritório de recrutamento e seleção de executivos recebe dezenas de currículos todos os dias e seu cadastro cresce a cada momento. Havendo interesse, o primeiro contato será provavelmente telefônico, convidando-o para uma entrevista preliminar na consultoria ou entrevistando-o desde logo e colhendo dados adicionais.

5.

É bem provável que o candidato a emprego tenha que ir à Consultoria mais do que uma vez, para testes e entrevistas, preliminares ou de profundidade. Só depois de uma boa avaliação que conclua pela adequação do candidato ao perfil desejado pela empresa-cliente é que ele será apresentado, como uma das indicações da Consultoria à posição em aberto.

Muitas recomendações poderiam ser feitas para melhorar a relação dos Candidatos com os Headhunters. Aqueles que mostramos acima são apenas alguns dos cuidados que devem ser observados nas relações com os Consultores. Vale, por último, lembrar, que os Headhunters trabalham para as empresas contratantes e a elas devem atender, mas sempre sem prejuízo de um tratamento adequado, cortês e profissional aos candidatos. Geralmente é assim que acontece.

(*) Laerte Leite Cordeiro é Consultor Sênior em Recrutamento, Seleção e Avaliação de Executivos e Profissionais em São Paulo, Maio, 2014.
Voltar para cima

Laerte Cordeiro Consultoria em Recursos Humanos
Jan - Mercado de Trabalho para Executivos em 2015
Dez - RECOLOCAÇÃO PROFISSIONAL: ERROS BÁSICOS Mai - PONTOS IMPORTANTES DA RELAÇÃO COM OS HEADHUNTERS
Nov - 150 ANOS DE ADMINISTRAÇÃO Abr - O NOVO MERCADO DE TRABALHO
Out - O EXECUTIVO SÊNIOR E O FUTURO Mar - O DIFÍCIL EMPREGO NAS GRANDES EMPRESAS MULTINACIONAIS
Set - CARTA MENSAL AOS EXECUTIVOS Fev - INCOMPETÊNCIAS EXECUTIVAS
Dez - 2014: DÚVIDAS E ESPERANÇAS Mai - ALERTA VERMELHO PARA OS ACOMODADOS
Nov - O CALENDÁRIO DO EMPREGO PARA EXECUTIVOS Abr - COMO BUSCAR UM EMPREGO MELHOR?
Out - DESPERTANDO O INTERESSE DE UM HEADHUNTER Mar - RH EM BOVA VERSÃO
Set - SABER, TER E USAR ... RECADOS PARA O EMPRESÁRIO-ADMINISTRADOR Fev - VIDA E CARREIRA EM TRANSFORMAÇÃO
Ago - DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL E O SUCESSO DA EMPRESA Jan - O QUE SEGURA UM EXECUTIVO NA EMPRESA?
Jul - UM NOVO EXECUTIVO BRASILEIRO
Dez - O RETORNO DO CHEFE Mai - E SE A CRISE VOLTAR?
Nov - OUTPLACEMENT EM 2012 Abr - O QUE HÁ DE NOVO EM INOVAÇÃO?
Out - DEMITIDO? EU? Mar - OTIMISMO ACIMA DE TUDO!
Jul - A DIFÍCIL VIDA DO CANDIDATO A EMPREGO Jan - EXECUTIVO: COMO PERDER SEU EMPREGO EM 12 LIÇÕES FÁCEIS
Jun - MEUS JOVENS 40 ANOS

LAERTE CORDEIRO: 33 anos servindo a Profissionais e à Comunidade de Empresas
– Executive Search & Hunting – Outplacement Corporativo e Recolocação de Profissionais –  Coaching de Carreira – Consultoria  –