Home  


Tel: (11) 5044.7585

lcrh@laertecordeiro.com.br

Fale Conosco

Laerte Cordeiro Consultoria em Recursos Humanos
Laerte Cordeiro Consultoria em Recursos Humanos
envie este artigo por e-mail
Julho, 2013

Laerte Leite Cordeiro (*)

UM NOVO EXECUTIVO BRASILEIRO

Queremos um Brasil forte e pujante, com muitas oportunidades e empregos para todos. Queremos ver o PIB subindo todo ano, a inflação baixando, a Exportação sempre maior do que a Importação, o dólar favorável e os juros reduzidos.

Mais do que tudo queremos, também, entre outras coisas, que nosso povo tenha acesso fácil à saúde, que as crianças e jovens tenham boas escolas, que o transporte público melhore e que os cidadãos possam viver em segurança, num ambiente de honestidade política.

A realidade parece indicar, lamentavelmente, que nossos objetivos ainda estão distantes e que tudo o que gostaríamos que mudasse no Brasil, ainda vai levar tempo para acontecer.

O Brasil atual é eminentemente assistencialista e popular. Há alguns anos que se ouve falar de incentivos ao desenvolvimento a partir do aumento do consumo das classes anteriormente “menos favorecidas”, estratégia que começa a ser discutida até mesmo dentro do Governo.

Sabemos que o mundo lá fora vai mal, a economia dos países se deteriora e o emprego desaparece. O Brasil já não foge à regra. As empresas vão mal, a economia também, o emprego aumenta nos níveis mais baixos da hierarquia, mas se reduzem as oportunidades nos cargos de maior qualificação profissional porque as empresas não tem crescido o suficiente.

A verdade é que o Brasil de 10 anos atrás não é o Brasil dos dias atuais, sendo administrado econômica e politicamente de forma diferente e com objetivos estratégicos distintos daqueles de uma década atrás. Novas mudanças estão ainda por vir e as manifestações populares indicam isso claramente.

Os executivos profissionais brasileiros precisam se acostumar com as mudanças já ocorridas e ainda por ocorrer no Brasil e no Mundo. Mudam as estratégias, muda a gestão operacional. Os profissionais de Marketing e Vendas tem um novo Cliente, seja ele o consumidor direto ou o consumidor-empresa, que quer mais, exige mais, reclama mais, consome um maior volume. Os executivos da Indústria têm que produzir mais, com melhor qualidade, a custos mais baixos, mas sem uma tecnologia mais avançada e disponível e muitas vezes sem recursos humanos qualificados. A produtividade é baixa, por isso é preciso inventar.

Capital difícil de se conseguir, juros mais altos, vendas que não crescem, bancos que dão mas tomam, custos crescentes com inflação ameaçando, impostos e mais impostos, tudo a fazer da vida do Administrativo-Financeiro um dia-a-dia de dificuldades, mas contra as quais não adianta gritar.

O profissional de Recursos Humanos convive com um novo tipo de trabalhador mas tem que encontrá-lo, treiná-lo e fazê-lo participar contributivamente da comunidade-empresa, lidando com as novas dificuldades impostas pela legislação trabalhista e tributária e, muitas vezes, com a escassez de recursos financeiros de planos comerciais que não se realizam plenamente.

Em meio a tudo isso, o executivo de Tecnologia da Informação assoberba-se com as mudanças que acontecem no dia-a-dia, com as expectativas de conhecimento e com a lida com equipamentos novos a cada semana. Seu Colega da Área Jurídica se vê envolvido numa parafernália de leis, decretos, resoluções, portarias e instruções que impactam sobre a vida da empresa, provocando mudanças que tem a ver diretamente com a linha política do Governo atual.

E não adianta reclamar. O Mundo muda, o Brasil muda, a Empresa muda, as pessoas mudam. O que se espera é um novo executivo brasileiro ágil, “ligado”, intenso, inteligente, preparado, competente e internacional, para responder às cobranças que esse novo contexto geral já obriga. Os mais moços que se preparem para esse novo momento e os mais velhos que busquem adaptar-se, enfrentando as dificuldades que já estão aí. O antigo já morreu, o de hoje já está ficando velho e o amanhã já será diferente.

(*) Laerte Leite Cordeiro é Mestre em Administração, Coach Sênior, Consultor de Executivos e Empresas e Titular da Laerte Cordeiro Consultores em RH. São Paulo, Julho, 2013.
Voltar para cima

Laerte Cordeiro Consultoria em Recursos Humanos
Jan - Mercado de Trabalho para Executivos em 2015
Dez - RECOLOCAÇÃO PROFISSIONAL: ERROS BÁSICOS Mai - PONTOS IMPORTANTES DA RELAÇÃO COM OS HEADHUNTERS
Nov - 150 ANOS DE ADMINISTRAÇÃO Abr - O NOVO MERCADO DE TRABALHO
Out - O EXECUTIVO SÊNIOR E O FUTURO Mar - O DIFÍCIL EMPREGO NAS GRANDES EMPRESAS MULTINACIONAIS
Set - CARTA MENSAL AOS EXECUTIVOS Fev - INCOMPETÊNCIAS EXECUTIVAS
Dez - 2014: DÚVIDAS E ESPERANÇAS Mai - ALERTA VERMELHO PARA OS ACOMODADOS
Nov - O CALENDÁRIO DO EMPREGO PARA EXECUTIVOS Abr - COMO BUSCAR UM EMPREGO MELHOR?
Out - DESPERTANDO O INTERESSE DE UM HEADHUNTER Mar - RH EM BOVA VERSÃO
Set - SABER, TER E USAR ... RECADOS PARA O EMPRESÁRIO-ADMINISTRADOR Fev - VIDA E CARREIRA EM TRANSFORMAÇÃO
Ago - DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL E O SUCESSO DA EMPRESA Jan - O QUE SEGURA UM EXECUTIVO NA EMPRESA?
Jul - UM NOVO EXECUTIVO BRASILEIRO
Dez - O RETORNO DO CHEFE Mai - E SE A CRISE VOLTAR?
Nov - OUTPLACEMENT EM 2012 Abr - O QUE HÁ DE NOVO EM INOVAÇÃO?
Out - DEMITIDO? EU? Mar - OTIMISMO ACIMA DE TUDO!
Jul - A DIFÍCIL VIDA DO CANDIDATO A EMPREGO Jan - EXECUTIVO: COMO PERDER SEU EMPREGO EM 12 LIÇÕES FÁCEIS
Jun - MEUS JOVENS 40 ANOS

LAERTE CORDEIRO: 33 anos servindo a Profissionais e à Comunidade de Empresas
– Executive Search & Hunting – Outplacement Corporativo e Recolocação de Profissionais –  Coaching de Carreira – Consultoria  –