Home  


Tel: (11) 5044.7585

lcrh@laertecordeiro.com.br

Fale Conosco

Laerte Cordeiro Consultoria em Recursos Humanos
Laerte Cordeiro Consultoria em Recursos Humanos
envie este artigo por e-mail
Abril, 2013

Laerte Leite Cordeiro (*)

COMO BUSCAR UM EMPREGO MELHOR?

Para quem trabalha, a vida pode às vezes ficar bem difícil.

Difícil porque a gente ganha pouco, porque os benefícios que a empresa atual dá são modestos e não ajudam muito, porque não existe um bom clima de trabalho na empresa, porque o emprego é longe, difícil de chegar e pior para voltar, porque o Chefe é áspero e não reconhece o esforço que a gente faz, porque as pessoas vivem mal-humoradas e porque não há desafios para alimentar nossas expectativas de futuro.

E essas são apenas algumas das razões que fazem a vida ficar difícil, especialmente quando não se tem muitas alternativas numa época de crise de empregos. Que não se imagine que estamos nos referindo apenas aos funcionários de menor hierarquia: guardadas as devidas proporções, a situação é a mesma para a jovem recepcionista e para o gerente administrativo, por exemplo.

Às vezes a coisa fica tão difícil que não adianta apenas se deprimir, ficar sofrido, reclamar da sorte ou chorar no canto. A verdade é que quando o clima geral na empresa é ruim, mesmo que e o mercado de trabalho também não viva o seu melhor momento, a gente deve se armar de coragem, reunir o que se tem de bom e buscar fora o que não se consegue dentro de casa.

É bom, porém, lembrar que o momento de ir buscar lá fora o que não se consegue no emprego atual, não é boa hora para gestos inconsequentes ou juvenis, manchando a sua reputação no emprego atual ou lhe deixando sem emprego num mercado difícil. É, isso sim, a hora de continuar mantendo sua boa atuação mas se lançando a uma busca honesta e competente daquele novo emprego que poderá melhorar o seu nível de satisfação pessoal e econômica.

CURRÍCULO: O PONTO DE PARTIDA
O ponto de partida para tudo é sem dúvida preparar um bom currículo que reflita bem as suas competências e ativos e destaque com clareza o seu foco de busca. Diga, no Currículo, o que V. quer do mercado e o que V. tem para oferecer em troca. Não adianta dizer que “joga nas onze” quando V. é só centro-avante.

Lembre-se que o Currículo é só um instrumento da sua Comunicação com o mercado. Ele não dá – por si só – emprego para ninguém. Mas um mau currículo pode tirar do candidato uma boa oportunidade. Agora, se V. quer impressionar bem já no inicio, não invente. No máximo duas páginas, papel branco, tinta preta, sem palavrório desnecessário e um texto bem objetivo que induza o selecionador a querer entrevistá-lo.

DIVULGANDO SEU OBJETIVO
Quando já se sentir bem armado com um bom Currículo é chegada, então, a hora de se divulgar para o mercado que irá alugar o seu talento. As recomendações de campanha são as de sempre: as empresas de recrutamento e seleção (“headhunters”) ou as Agências de Emprego, as empresas que sejam alvos de sua campanha de busca do emprego, a leitura dos anúncios classificados dos jornais de domingo, o Linkedin e o Facebook e os Bancos de Vagas pagos são os caminhos que o candidato deve percorrer continuamente em sua busca.

USE SEU NETWORK
Propositalmente, para chamar mais atenção, deixamos de fora aquele item de campanha que é o mais importante e o que rende os melhores resultados: o Network. Nesse caso, estamos falando do circulo mais próximo de relações de amizade e de conhecimento do candidato e que pode ser útil na divulgação de sua candidatura. Liste as pessoas mais amigas e que possam ajudar e vá em busca da ajuda delas, sem medo. Funciona.

Se V. puder procure, com cuidado, uma boa e séria empresa especializada na assessoria a profissionais que precisam de ajuda para sua recolocação e desenvolva com ela um projeto para a busca de seu novo emprego. Quanto mais difícil estiver o mercado, mais importante será ter ao seu lado uma consultoria que possa efetivamente facilitar o sucesso de seu projeto pessoal de recolocação.

A verdade é que o cenário do emprego no Brasil está confuso, às vezes se ouvindo que há muito emprego para quem quiser, mas às vezes se ouvindo que as pessoas buscam e não conseguem se empregar. Seja qual for o caso do leitor o fato é que é preciso ter um bom Currículo em conteúdo e forma e saber ser competente para contar ao mercado o que V. pretende.

Sem isso, qualquer que seja o vento, suas velas estarão frouxas e seu barco não navegará bem no mar difícil do mercado de trabalho.

(*) Laerte Leite Cordeiro é Consultor Titular de Outplacement, Recolocação, Coaching e Carreiras da Laerte Cordeiro Consultores em Recursos Humanos. São Paulo, abril, 2013.
Voltar para cima

Laerte Cordeiro Consultoria em Recursos Humanos
Jan - Mercado de Trabalho para Executivos em 2015
Dez - RECOLOCAÇÃO PROFISSIONAL: ERROS BÁSICOS Mai - PONTOS IMPORTANTES DA RELAÇÃO COM OS HEADHUNTERS
Nov - 150 ANOS DE ADMINISTRAÇÃO Abr - O NOVO MERCADO DE TRABALHO
Out - O EXECUTIVO SÊNIOR E O FUTURO Mar - O DIFÍCIL EMPREGO NAS GRANDES EMPRESAS MULTINACIONAIS
Set - CARTA MENSAL AOS EXECUTIVOS Fev - INCOMPETÊNCIAS EXECUTIVAS
Dez - 2014: DÚVIDAS E ESPERANÇAS Mai - ALERTA VERMELHO PARA OS ACOMODADOS
Nov - O CALENDÁRIO DO EMPREGO PARA EXECUTIVOS Abr - COMO BUSCAR UM EMPREGO MELHOR?
Out - DESPERTANDO O INTERESSE DE UM HEADHUNTER Mar - RH EM BOVA VERSÃO
Set - SABER, TER E USAR ... RECADOS PARA O EMPRESÁRIO-ADMINISTRADOR Fev - VIDA E CARREIRA EM TRANSFORMAÇÃO
Ago - DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL E O SUCESSO DA EMPRESA Jan - O QUE SEGURA UM EXECUTIVO NA EMPRESA?
Jul - UM NOVO EXECUTIVO BRASILEIRO
Dez - O RETORNO DO CHEFE Mai - E SE A CRISE VOLTAR?
Nov - OUTPLACEMENT EM 2012 Abr - O QUE HÁ DE NOVO EM INOVAÇÃO?
Out - DEMITIDO? EU? Mar - OTIMISMO ACIMA DE TUDO!
Jul - A DIFÍCIL VIDA DO CANDIDATO A EMPREGO Jan - EXECUTIVO: COMO PERDER SEU EMPREGO EM 12 LIÇÕES FÁCEIS
Jun - MEUS JOVENS 40 ANOS

LAERTE CORDEIRO: 33 anos servindo a Profissionais e à Comunidade de Empresas
– Executive Search & Hunting – Outplacement Corporativo e Recolocação de Profissionais –  Coaching de Carreira – Consultoria  –